PT / EN

Palácio Nacional da Ajuda

Implantado no local onde D. José I mandou construir a "Real Barraca" após o terramoto de 1755, assim designada por ser de madeira, a construção do Palácio da Ajuda iniciou-se em 1795 segundo um projecto de Manuel Caetano de Sousa. O plano sofreria uma evolução significativa, com a introdução da estética neo-clássica e as novas formulações dos arquitectos Francisco Xavier Fabri e José da Costa e Silva.

Foi residência oficial da família real portuguesa, desde o reinado de D. Luís I (1861-1889) até 1910, ano em que foi encerrado após a proclamação da República.
Aberto ao público como museu em 1968, contém importantes colecções de artes decorativas dos séculos XVIII e XIX: dos têxteis ao mobiliário passando pela ourivesaria, e cerâmica, bem como de pintura, escultura e fotografia, reconstituindo os ambientes oitocentistas da residência real através de rigorosa investigação histórica.

Site oficial do Palácio Nacional da Ajuda:
www.pnajuda.imc-ip.pt